Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

29 outubro, 2005

Bu$ine$$


“Duro que nem um coco seco”, “sem ter uma esteira para dar um ataque no chão”, “matando cachorro a grito”, e tantas outras expressões, poderiam ser usadas para definir a situação econômica da Ilha de Fidel.
Pelas razões indicadas, alguns mais céticos afirmam que a Ilha não teria condições financeiras de ajudar ninguém, estaria sim precisando de ajuda. Ocorre que, confirmada o aport eleitoral da Ilha à campanha do operário-meu-patrão
Veja Aqui, não estaríamos somente diante de um auxilio de solidários companheiros, mas de um grande negócio, um verdadeiro investimento internacional.
Não é novidade que são quase nulas as relações diplomáticas e os negócios internacionais com a Ilha, além da Venezuela de Cháves, só o Brasil no cone sul se importa e se incomoda com os últimos acontecimentos na terra de Fidel, diga-se mais, as relações Brasil-Cuba crescerem muito após a eleição do operário-meu-patrão. Só isso já justificaria o “esforço solidário” do “comandante” para a campanha de 2002, ou melhor, o investimento travestido de sacrifícios, que é muito mais significativo no romântico coração dos apaixonados revolucionários.
Quem acompanha o noticiário político/eleitoral sabe muito bem, 1,4 ou mesmo 3 milhões de dólares não é lá muita coisa, ainda mais quando imaginamos o universo das eleições presidenciais. Nos grandes centros os valores indicados costumam ser próximos dos “investido” por candidatos “pangarés” em suas campanhas.
Solidariedade a parte, confirmado ou acreditado o recebimento de valores internacionais da Ilha de Fidel por parte do Partido Trapalhão, creio que estaremos diante do melhor investimento internacional dos últimos tempos. Contados em uma das mãos os milhões de dólares “doados”, e olha que nem são todos os dedos, a aplicação certamente rendeu mais em dois anos para a Ilha que qualquer exportação de Havana Club prevista. Business, Business!

12 comentários:

Vera Lucia disse...

Amigo Ozeas, é o momento certo! Que se cumpram as leis e o PT "cerrem las ventanas de vez"!Pressionem o Supremo. Abraços

Vera disse...

Fidel Castro é multi-bilionário, às custas de um povo escravizado. Daí a admiração dos nossos em relação ao "ditador-maldito". Abraços

Lata Mágica disse...

Dr Ozéas. Seu blog é muito importante pois nos esclarece sobre questões jurídicas. Saiba que a maioria do povo não sabe, não chega a informação. Descobrimos o seu blog através do Blog da Santa. Somos apenas estudantes secundaristas, estamos aprendendo.:)), e visite nosso blog quando puder.

Serjão disse...

É isso aí. Irretocável, my dear.

Serjão disse...

É isso aí. Irretocável, my dear.

Marcos disse...

Caro Ozeas :


Mais democratico que Cuba, só a Venezuela

assinado - Presidente Lula

Precisa dizer mais alguma coisa...

Abçs

Marcos
www.gotasdefel.blig.ig.com.br

Jacaré Doido disse...

Cuba pode não ter dinheiro, mas te garanto que as contas de Fidel no exterior devem estar recheadas! Esses caras não dão ponto sem nó. Fidel não dá mole pra ninguém, ajudar Lula a ser eleito só traria benefícios a sua camarilha. Mas isso é gravíssimo! Uma ditadura interferir numa eleição de num país democrático.

Nemerson Lavoura disse...

Brilhante, Ozeas. É isso aí.
E eutambém concordo quando dizem que o Fidel é rico. O cara tem muita grana mesmo - como já mostrou a revista Forbes.

Marcos Vasconcelos disse...

E sem falar do apoio financeiro recebido das Farc, conforme delatado inadvertidamente pelo narco-camarada padre Olivério Medina ("embaixador" da Farc preso na PF).

Que belos amigos tem o PT/LUlla: um grupo narco-terrorista e uma ditadura comunista. É esse o futuro que eles têm planejado para o Brasil? Com certeza, basta olhar o braço armado da esquerda no país, o MST.

Vale lembrar o velho ditado: "dize-me com quem andas e eu te direi quem és".

Saramar disse...

O perigo que estamos correndo é real e imediato. Será que as oposições não conseguem parar de contemplar seus umbigos e atentar para o que está acontecendo nestes país?


Temos que buscar estratégias para livrar o país dessa máfia vermelha.

Artes e Poesias disse...

Viva o dia das Bruxas! Halloween para Brasília...As bruxas sobrevoam o Planalto...rsrs Abraços

Alice disse...

È brincadeira :(