Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

23 novembro, 2005

Tentações

Palocci não concorda na manutenção do superávit primário em 4,25 % do Produto Interno Bruto, muito pelo contrário, pretende um aumento para algo acima de 5%.

Em lado oposto a Dilma Rousseff quer a diminuição do percentual alcançado e a conseqüente injeção de recursos na economia, forjando um surto desenvolvimentista através de mais dinheiro no mercado, ou seja, menos poupança pública e mais valores em circulação, mais empregos, mais consumo, mais obras públicas e, conseqüentemente, melhor oportunidade eleitoral do operário-meu-patrão e seu partido para o ano de 2.006.

Todo mundo quer desenvolvimento, todo mundo quer aumento de consumo, todo mundo quer mais conforto e menos arrocho. O que ninguém quer é a possibilidade do retorno da inflação, que não está morta, mas apenas contida através de uma política econômica clássica de contenção. Não se alimentando a “fera” com seu prato preferido, dinheiro, ela vai ficando magrinha e combalida, não oferecendo tanta ameaça, agonizando e consumindo suas próprias energias.

A Argentina e o Chile vêm passando um certo sufoco depois que flexibilizou sua economia, a inflação bate as portas dos dois países e já causa preocupação, tudo porque andaram um passo para frente e recuaram, dando dois passos para trás.

É tão importante a contenção da besta-fera inflacionária, que a própria oposição não gostaria de ver os rumos da economia mudados na sua essência, isso porque a atual estratégia foi traçada ainda nos dois governo de FHC, e mantida a partir da posse de Palicci, que sabia dos perigos que representavam a aventura da concretização das promessas eleitorais petista.

Assim segue a vida, o operário-meu-patrão é candidatíssimo a reeleição, conta com o apoio de seu partido ferido de morte, sem outra opção e afogado no oceano de denúncias, que busca num palito de picolé flutuante o salva-vidas para sua existência. Ele vai correr todos os riscos e vai ousar com nosso dinheiro para se manter no poder.

Acho que Palocci perdeu a queda de braço ao defender a austeridade econômica, contrária às facilidades eleitoreiras, Palocci sairá e deixará uma interrogação a ser respondida, que rumos a economia do país seguirá, até porque embora os resultados fenomenais com a abertura das comportas, ou cofres, sejam rápidos, sua fatura é como de cartão de crédito pós natal, só chega no ano seguinte e costuma ser a mais salgada de todas.

Palocci sairá mais porque não ajuda aos planos reeleitoreiros do operário-meu-patrão, que por suas condutas e envolvimentos criminosos quando prefeito. Até porque, bandido nunca faltou em governo nenhum nesse país e não falta nesse também, mas tudo poderá ficar justificado e apagado se o povo chancelar e avalizar toda sorte de falcatruas, numa eventual vitória petista em 2.006.

13 comentários:

Star disse...

Ozeas,

Acho que o monstrengo Lula se aproximou da Dilma só para a oposição pegar leve com Palocci, a economia não pode mudar por todos os motivos que você já colocou, se Lula fizer o jogo da Dilma, aí é que fica sem chances de se eleger mesmo. O sapo não se arrisca, é safo de mais pra fazer algo mais ousado.

Star disse...

Ahhhhhhhhh Ozeas,

Coloquei minha mensagem de Natal também, já que ele chegou mais cedo, vamos comemorar.

Serjão disse...

Amigo Ozéas.
È isso mesmo inclusive já escrevi sobre isso lá em casa em "O enterro de Palocci". (só que sem o seu Brilhantismo evidentemente) A acrescento que alé da estrutura partidária que foi para o espaço ele também perdeu o marqueteiro. Aí é que eu tenho esperança. Abraços

Santa disse...

Lula de burro não tem nada, quer se manter, e fará pacto até com o diabo, mesmo que para isso role cabeças cabeças de seus íntimos.

Um abração!

Ricardo Rayol disse...

Sei n~sao, esse papo de controle inflacionário é furadissimo. Já temos 11 anos de plano de estabilização. Não imagino o Brasil voltando ao que era em 92/93. Estamos em outro cenário.

bloody mary disse...

Quem é realmente Antônio Palocci?
LEIA NO MEU BLOG!

BEIJOS

BLOODY MARY

Saramar disse...

Ozeas, de bobo você sabe...O Lulla está fazendo uma jogada de mestre para se sair bem no próximo ano, às custas do erário.

Alice disse...

Não esqueço, qdo assisti no Tv Senado, a Senadora Heloisa Helena discursando , segundo suas palavras : José Dirceu avisa vou te atropelar como uma máquina , passando por cima , mas jogo limpo e o Lula é o tipo que te abraça , beija e acaba com vc sorrindo , dando uma de amigo .
Acordei
Bjins

Anônimo disse...

Caro Ozeas :

Dilma, Lula, Lula , Dilma deus os fez e eles se encontraram para nos atazanar........


Abçs

Jacaré Doido disse...

Para mim tava tudo planejado desde o primeiro dia desse governo! No último ano, abre-se o cofre, inaugura-se muitas obras e a reeleição está no papo. Ainda bem que Roberto Jefferson roupeu a lei do silêncio e entregou tudo.

Jacaré Doido disse...

Será que vc sabe porque a imagem do jacaré sumiu? Já conferi no perfil e a URL da imagem está correta.

claudia disse...

oi...
vim te dar um Oizão

e a propósito adorei a imagem ali ao lado...
estará prensente aqui com certeza...e aí também...

beijo no coração Dr...

Icaí deve estar linda...
azul...

Vera disse...

Eu tenho um sonho...que em 2006 não exista mais o PT. Pode?? rsrs
Beijos de montão!