Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

06 novembro, 2005

La doce vita

“O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Nelson Jobim, já recebeu o equivalente a um "14º salário" neste ano apenas em diárias de viagens. De acordo com reportagem publicada neste domingo pelo jornal O Estado de S. Paulo, Jobim fez 26 viagens neste ano e recebeu 24.000 reais, sem as contar despesas com as passagens - o salário mensal dos ministros do STF é de 21.500 reais”. Leia Mais

Triste a vida do servidor público concursado, que não rara às vezes tem que viajar sem o recebimento de suas diárias, recebendo-as somente dias após seu retorno. Veja o exemplo dos policiais federais, que são deslocados em suas missões por todo o país, vindo a receber verbas compensatórias por suas estadia somente a posteriori, um dos motivos da
paralisação prevista para 8 de novembro.

Enquanto isso outros agentes públicos indicados, muitas vezes a cargos vitalícios, esbanjam do dinheiro público, mesmo quando são convidados para expor suas idéias em congressos, seminários ou aulas magnas. Recebem do particular, que lhes pagam muito bem por sinal e, recebem da “viúva” através de diárias. Uma dobradinha ilícita, imoral e que configura verdadeiro
enriquecimento sem causa.

9 comentários:

Vera disse...

Brilhante dica, já pode visualizar o caminho do nosso suado dinheirinho. Bjs de fã

Vera disse...

Sacanagem...Já nem gosto mais de ter nascido no Brasil. Bjs de fã

Lata Mágica disse...

Olá dr Ozéas

Isso é revoltante. Imagine para os jovem que só tem mesmo o desemprego.Temos que buscar alternativas, todos os dias, todos.

Pedimos desculpa, porque nossos comentários são muito simples.Além de nos faltar a experiência de vida, nossa formação ainda é precária.

Um abraço da Lata Mágica

Saramar disse...

Ozeas, boa noite.
Sei bem o que é isso. Sou uma dessas que só recebe muito depois.
E veja, esses meninos da lata Mágica disseram tudo.
Essas práticas são realmente indecentes! principalmente quando o ator é o presidente do STF, o guardião da Constituição.

Beijos

P.S. Ainda acha que meu coraçãozinho está cheio de maldades? (risos)

Santa disse...

Queridíssimo Pzéas, só agora consegui chegar, e por sinal essa caixinha de pandora está cada dia melhor.Parabéns sempre. Quanto ao seu comentário, bateu na mosca:é exatamente isso, para o servidor de carreira, concursado,primeiro o trabalho, depois as dívidas e lá quando bem entenderem a restituição dos gastos.Já, na sala ao lado, a "farra" das diárias, que se institucionalizou "meio de vida".Você imagina o quanto o ministro-cantor fatura. São de 2 a 3 viagens para o exterior por mês, fora o vai e vem Brasília-Salvador/Rio/São Paulo,os mais visitados, e outros. Praticamente, sem relevância para o estado-de-indigência da cultura no Brasil. E, não viaja sozinho, é claro: um batalhão assessores/amigos também. E, o rombo da
"farra"...

Santa disse...

Ozéas, desculpe os erros de digitação...este teclado está uma "m"!

Elaine disse...

Enquanto isso nós os brasileiros vamos nos ferrando cada vez mais!
Beijins e bom início de semana!
Sds...Elaine

Alice disse...

È desse jeito , dessa maneira :(
Enquanto uns esbanjam , outros ( me incluo ) ,ralam !!!
Bom dia .
Bjins

Marcelo Orlando disse...

Bem que minha mãe falou: -- filho, estude mais!!