Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

17 novembro, 2005

Sem comentários

Toda boa notícia merece um comentário, sempre procuro escrever alguma coisa sobre aquelas que considero interessantes, relevantes ou engraçadas. Mas dessa vez a matéria se basta. Leia Aqui

10 comentários:

Mestre disse...

Desenvolvemo trabalho de preservação da arte popular. Estamos com peças de artesanato do maracatu rural em nosso blog. Esperamos o amigo lá. Será uma honra. Um abraço

Elaine disse...

É mais ou menos parecido com a estória da garrafa. Jesuis os homens são muito estranhos!

N. Cotrim disse...

Simplesmente hilário... hehehe... Como disse, sem comentários.

Obrigado pela gentileza do link, amigo.

Forte abraço.

Santa disse...

O pior é que o ramance bizarro não ficou em segredo...rs

Marcos disse...

Caro Ozeas:

O motoboy que trabalha com a gente recortou do jornal e nos mostrou, quase rolamos de rir, mas pensando bem o amor nunca deve ser reprimido,se a tara do cara é um cano oco e frio fazer o que é só ele tomar mais cuidado da próxima vez, passa pelo menos uma vaselina né......

Abçs

Marcos
www.gotasdefel.blig.ig.com.br

Vera disse...

Ozéas, essa é boa! Quem não tem gata, caça com cano!!! rsrsrs. Bjs mil

Marcelo Orlando disse...

Olá Ozéas!
O cara é um retardado... O que será que ele tava fazendo com o danado lá dentro do cano? rsrs.... é um panaca mesmo... abços...

Serjão disse...

Que isso, rapaz. Será que dá para processar o cano baseado na lei de defesa do consumidor?

Star disse...

Ozeas,

Já ouvi falar em galinha, cabra e outros bichos, mas essa do cano é o máximo. O que um homem não é capaz de fazer?

Saramar disse...

rsrsrsrs...nossa, coitado! onde estarão as meninsa daquela cidade? Essa foi ótima, menos para ele, claro