Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

23 janeiro, 2006

Marcando posição


"O Ministério Público Federal no Distrito Federal ajuizou Ação Civil Pública contra o Dnit (Departamento Nacional de Infra-estrutura de Transportes) para suspender a contratação direta das empresas que estão trabalhando na Operação Tapa-Buracos. A medida do governo federal está recuperando em caráter emergencial mais de sete mil quilômetros de estradas em todo o país.Para o MPF, a situação atual das rodovias era previsível, causada pela falta de manutenção. Por esse motivo, a contratação das empresas para trabalhar nas estradas deveria ter sido feita por meio de licitação". Leia Mais

Duvido muito que o Parquet Federal consiga alguma coisa com a medida proposta, a pressão vai ser grande, afinal, o caixa está baixo e vem eleição por ai.

9 comentários:

Elaine disse...

É ruim hien! O operário-seu-patrão vai sustentar essa obra até o final.
Isso não larga o osso de jeito nenhum!
Sds...Elaine

Marcos disse...

Caro Ozeas:

Depois que uma das empresas apresentou dados falsos na licitação qualquer coisa tá valendo, nem me espanto mais

Abçs

Marcos
www.gotasdefel.blig.ig.com.br
www.vinhoto.blig.ig.com.br
www.contosdefel.blig.ig.com.br

claudia disse...

achei o máximo o buraquinho.
rsrs

estou rindo aqui.
E queria que os buraquinhos da estrada que ando a treze anos...todos os dias fossem mesmo desse tamanhinho.
Não tinha perdido tantos pneus...
um beijo grande no coração

Marcos disse...

Caro Ozeas:

Você sacou muito bem o lance do conto "amanhecendo"...thanks a lot...

Abçs

Marcos
www.gotasdefel.blig.ig.com.br
www.contosdefel.blig.ig.com.br
www.vinhoto.blig.ig.com.br

Star disse...

Ozeas,

Que saudade! Estou voltando e matando a saudade aos poucos.

Um beijo

Santa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Santa disse...

Ozéas, salvo engano nunca crimes contra o erário foram tão banalizados!Desculpa, não consegui voltar ontem.

luma disse...

E que as empresas licitadas não tenham proteção!!
Ora que vimos no Nordeste a Estrada que liga Natal a Recife parada porque a empresa que ganhou a licitação não tinha dinheiro para começar a obra e a verba destinada a isso não havia chegado. O exército sob o apelo dos habitantes locais entraram na jogada e estava iniciando a obra. No que Lulinha resolveu aparecer pra tirar sua lasquinha. Ganhando popularidade na região com o esforço alheio.
Sinceramente, antes dessas eleições estamos n'agua.
Boa semana! Beijus

Saramar disse...

Ozéas, boa tarde.
Esse buraquinho foi o máximo!
Concordo com você. O Lulla não vai se render assim tão facilmente. Mas a iniciativa da Procuradoria foi válida, servindo também com oauto-proteção para o dia em que nos livrarmos dessa malta.
Porque quem se omitiu diante do desprezo à lei demonstrado por nossos "governantes", certamente será cobrado quando o país voltar a viver sob o império da lei e da justiça.

Beijo