Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

09 junho, 2006

Um mês

Porque se vai, porque se volta, nunca saberemos.


Só nos resta contemplar as palavras e refletir com o poeta para tentarmos entender:

Navegadores antigos tinham uma frase gloriosa: "Navegar é preciso; viver não é preciso".

Quero para mim o espírito [d]esta frase, transformada a forma para a casar como eu sou:

Viver não é necessário; o que é necessário é criar. Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpoe a (minha alma) a lenha desse fogo.

Só quero torná-la de toda a humanidade; ainda que para isso tenha de a perder como minha. Cada vez mais assim penso.

Cada vez mais ponho da essência anímica do meu sangue o propósito impessoal de engrandecer a pátria e contribuir para a evolução da humanidade.

É a forma que em mim tomou o misticismo da nossa Raça.

Fernando Pessoa

Voltemos a navegar e enfrentemos os monstros marinhos, que nos ameaçam a desistir de nossas conquistas.

Quando as forças que nos animam são mais fortes que os canalhas que nos perseguem, nos resta a guerra como opção inexorável, único caminho a seguir.

Sun Tzu em “A arte da Guerra” ensinava:

Exibe proveitos para atraí-los. Cria desordem em seus exércitos e toma-os.

Se forem sólidos, prepara-te para eles; se forem fortes, evita-os.

Se forem coléricos, irrita-os; sê o oposto para provocar sua arrogância.

Se estiverem descansados, força-os a se exaurirem.

Se forem unidos, faz com que separem.

Ataca onde eles não estão preparados.

Avança onde eles não esperam.

Esses são os meios porque os estrategistas militares são vitoriosos.


Meus amigos agradeço as palavras de carinho e incentivo, foram fundamentais em nossa decisão de continuar.

Embora limitado em nosso tempo e com disponibilidade restrita, não deixaremos de contribuir, ainda que somente com nossas palavras de incentivo aos verdadeiros vitoriosos, homens e mulheres de bem que criam e transformam todos os dias nossa realidade.

9 comentários:

vera disse...

Bravo!!! Querido mestre Ozéas! A minha "alma" gosta muito da "sua alma". Haja o que houver, não nos abandone mais por tanto tempo!!! Bem-vindo querido mestre. :-) Boa sexta, beijo grande.

vera disse...

VOLTEMOS A NAVEGAR...!!!

Alice disse...

Poxa , poxa , poxa , Uauauauauaua , nossaaaaaaaaaaaaaaaa , vc não imagina que legal , como fiquei felizzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz de verdade ,se vc pudesse ver o tamanho do meu sorriso , óh tá de orelha a orelha :))
Eba,Eba,Eba vc voltou !!!!
Òtimo final de semana .
Beijo

Star disse...

Ozeaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaas,

Que alegria a sua volta, eu tinha certeza que continuaríamos a contar com você.

Muitas vezes eu tentei desistir de muitas coisas, mas eu nunca consegui, não faz parte de mim, como também não faz parte de você.

Essa frase diz tudo:

"Navegar é preciso, viver não é preciso".

As pessoas que sentem nas suas entranhas o significado dessa frase, jamais desistem.

Bom retorno.

Beijo

Sidali disse...

Beleza... De volta aos ensinamentos de Mestre Ozéas!
Obrigado pelo seu retorno a nos presentear com suas opiniões mais que relevantes sobre os fatos deste mundo.
Volto contigo.
Aliás, como sempre e para sempre!

Saramar disse...

Ozéas, certamente você está incluindo entre esses vitoriosos e corajosos homens.
Bem vindo de volta.

Beijos e bom final de semana.

Serjão disse...

Bem vindo amigo. E que não falte mais. Já ia ser reprovado por faltas.(rs)

Ricardo Rayol disse...

Wellcome back mestre

Elaine disse...

Oieeeeeeeeeeee!! Que bão que você voltou tio querido!
Mesmo que seja uma volta limitada, QUEREMOS OCÊ ASSIM MESMO!
Beijos e bom início de semana!
Sds...Elaine