Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

29 julho, 2006

O fenômeno Heloisa Helena

O crescimento da candidatura da HH não pode ser encarado como algo tão inofensivo como aparentemente se posta. Não se pode descartar no processo eleitoral, isso é perfeitamente possível, um eventual segundo turno com a participação da candidata do PSOL e do candidato do PT. A possibilidade da derrota de uma alternativa democrática no pleito de outubro pode jogar o país no gueto esquerdista, com conseqüências inimagináveis.

Com sua candidatura apoiada pelos PCB e PSTU, HH é fruto do Partido dos Trabalhadores, foi lá que obteve seu espaço político e a possibilidade de uma legenda para disputar o Senado, foi lá no PT, onde se filiou em 1985, que esteve abrigada na sua “tendência”, tida internamente pelo próprio partido como radical, a “Democracia Socialista”. Na sua vida orgânica partidária no PT, HH disputou por anos no “coletivo” a hegemonia política do partido, sendo finalmente derrotada e expulsa do PT por sua “coerência moral”, ou seja, o que tem a HH de diferente do operário-meu-patrão é sua posição lógica e respeitosa ao seu ideário de origem. HH não mudou, apenas “avançou” na busca de seu espaço “puro sangue”.

A propósito, a própria legenda registrada junto ao TSE da candidata, o PSOL, é o resultado do estreitamento ético-político por que passaram algumas “tendências” do PT, destacando-se o Movimento Esquerda Socialista (MES), a Ação Popular Socialista (APS), a Corrente Socialista dos Trabalhadores (CST) e a própria Democracia Socialista (DS) da Senadora, entre outras. O Grupo que constituiu o PSOL não é composto de revisores do socialismo, muito pelo contrário, são fundamentalistas insatisfeitos com a “traição” cometida pelo PT à classe operária.

HH não é a Madre Tereza, como também não é simplesmente uma mulher honesta e crédula na “democracia burguesa”. HH quer “avançar” no processo revolucionário, quer a sociedade “se transformando” de maneira bastante radical, quer a “virada da mesa”, onde “a força do trabalho seja superior ao do capital” e que inexista a propriedade privada. HH que o fim da democracia participativa e a implantação do regime do partido único, instrumento principal para se estabelecer a sociedade imaginada pelos seus ideólogos de cabeceira.

Hoje HH é importante no tabuleiro político montado, até porque desgasta o adversário principal dizendo com todas as letras que “o rei está nu”. Do alto dos palanques em praças públicas, HH direciona sua metralhadora moral para todos os lados, com um discurso inflamado e “coerente”, concentrando no apedeuta maior seu estoque de munição, sabe que é dessa estratégia que podem sair os votos necessários para o êxito de sua candidatura, mas poucos conhecem verdadeiramente que sociedade a HH quer para o Brasil, isso ela não revela, teme a rejeição do eleitor que a escolheu como protesto ao atual estado de desmoralização política por que passa o país.

Honestidade e coerência não são os principais atributos que deveriam servir à escolha de um candidato, tais adjetivos deveriam ser considerados como presente e não como achados raros nesse ou naquele pretendente, mas infelizmente assim não é. Diante da crise moral por que passa nossa democracia, estamos novamente jogando para segundo plano as questões principais, que servirão para definir o futuro político, social e econômico da nação. Desgraçadamente o eleitor está mais atento aos argumentos próprios das delegacias de costumes ou defraudações, infelizmente se tornou presa fácil para os escamoteadores e oportunistas.

Nada impede que o eleitorado em reação a bandalha política que fomos colocados, reaja votando no novo “Macaco Tião”, ou no rinoceronte “Cacareco”, afinal, até o Enéas teve seu momento de glória. Antigamente, quando os votos eram escritos, era comum a manifestação anárquica ou descontente através de piadas de questionável gosto, mas uma coisa era certa, eram inofensivos protestos que geravam no máximo a anulação daqueles votos. Hoje com o sistema informatizado a coisa mudou, hoje a piada, o protesto e a ignorância política comprometem a própria segurança da democracia.

Quantos conhecem as idéias do PSOL e de suas tendências internas? Quantos sabem o que representa essa inofensiva sopa de letrinhas que disputa a hegemonia interna desse simpático partido? Quantos conhecem HH além de suas bravatas morais? Que tal uma visita mais atenta ao site do Partido Socialismo e Liberdade – PSOL
(Para o passeio clique aqui)

Para concluir, imagine-se um eventual 2º turno entre o operário-meu-patrão e HH, o que nos restaria?

19 comentários:

Alice disse...

Olá bom dia Ozéas :)
Na verdade fico triste sabia, qdo as pessoas votam por votar , simplismente fazem do voto sua revolta e no final todos pagam pela revolta coletiva , a prova está nesse governo ( mas é assim a Democracia , os outros votam e todos engolem :(,hum ) .
Veja o exemplo do Enéas , ela parecia um descontrolado , só gritava : meu nome é Enéas , foi eleito e até hj não sei o que ele fez em favor da gente , qual era a proposta do partido dele ? ...
A mesma coisa falo da Heloisa Helena,EU NÃO ESQUEÇO QUE ELA ERA DO PT e tenho pavor só de imaginar,as propostas do Partido dela ,que parecem ser bem radicais .
Eu desejo muito ,que as pessoas não votem nulo, em branco ,que não desistam de acreditar que nós podemos mudar ,que devemos ter um compromisso moral com a gente mesmo,de renovar esse Congresso,ter a listinha dos envolvidos em mensalão , sanguesuga , td de ruim que ainda possa aparecer e não votar neles .
E mais ainda ,por favor: PAREM COM O DISCURSO DO BRASIL DO FUTURO , EU QUERO O FUTURO AGORA , cansei de ouvir esse blá,blá,blá ,desde que eu era criancinha ,com certeza minha bisa, minha vó, minha mamy , não quero que meus filhos escutem esse blá blá blá .
Força na peruca , responsabilidade na caneta .
Bom final de semana Ozéas .
Bjins

tunico disse...

Ozéas, veja este vídeo com calma.

http://video.google.com/videoplay?docid=-570340003958234038

Helena de Tróia disse...

Gravíssimo, é gravíssimo Ozéas.

Siena disse...

bom, quero postar meu comentário a respeito dessa repulsa a tudo que é diferente.
não, não voto na heloisa, só não é por nada que voce fala. da a impressão de ser somente calúnia: a ideologia dele, justamente por ser contra o SENSO COMUM é sempre usada contra. tudo bem que a população irá votar em muita gente por aí por algo que não é bem analizado. mas o perigo não está na ideologia, mesmo por que não tem como ter uma mudança tão radical como voce esta falando dela. se bem que eu tenho lá minhas dúvidas se nesse caminho que o Brasil está seguindo não seja a única alternativa. nessa eleição não existe candidato, qualquer um que vá ser eleito não vai mudar em nada a situação do brasil. todos os partidos hoje em dia pensam no nome de alguém como persidente, não trabalham para o bem da sociedade. ainda mais com esse pensamento de quem come todo dia e tem plano de saúde.
só acho que, se você defende essa "democracia" que não funciona nem aqui, nem nos eua, nem em nenhum lugar, ta dificil. ah, se quiser passar no meu blog, coincidentemente tem coisas que eu deveria escrever aqui e que eu excrevi já faz um tempo.
www.simbolosalgebricos.blogspot.com

ah, e para a Alice: o "agora", o "imediatismo", é um dos maiores vícios brasileiros, de bolsas escolas....


abração

vera disse...

Olá Mestre Ozéas: HH é a continuação do PT! Afinal depois de anos e anos militando no PT, não haveria de ser diferente! A bronca entre ela e o PT é o fato de ter sido expulsa de lá. Mas a 'bichinha' é danada! :-) Bjs de fã.

Serjão disse...

Olha Ozeas, eu ainda a considera raivinha da Classe média. Quando HH começar a tomar pancada acho que a ficha vai cair. Por falar nisso Acabei de ler uma pancada lá no Blog do Tambosi. Se ela conhece as falcatruas do PT, o PT também a conhece e deve ter alguma carta na manga contra HH que vai dizer que não sabia. SEI não. Acho que ela vai apanhar muito ainda. Um abraço e bom domingo

Serjão disse...

Em tempo: Posso estar enganado.(rs)

Jacaré Doido disse...

Podia dar HH e Alckmin no segundo turno. Era o que Lula merecia. No segundo turno Alckimin dava uma surra na HH. Seria ótimo que Lula tomasse uma surra no primeiro turno.

Elaine disse...

To com Jacaré, prefiro o Alkmin e a HH no final. Não gosto da Heloisa, acho que ela é a continuação do PT. A única diferença é que ela usa saia. O resto é tudo igual.

Santa disse...

Ozéas, na passagem de HH distribuiram impressos onde ela diz não pedir votos pede que o eleitor se junte a luta contra o capitalismo.Pode?...(rsss)

Walter Carrilho disse...

A Heloísa é o negativo do Enéas em eleições passadas. É o candidato exótico, radical e que fala bravo. A diferença é de orientação política, mas é tão exótico quanto...

Ricardo Rayol disse...

Ela me parece pior que Fidel se quer saber. E num 2° turno entre Lula e HH eu vou brigar pelo 3° turno.

vera disse...

A comadre HH, vai 'roubar' uns bons votos do apedeuta. Mas ela não chega lá! Se Deus quiser, e ele há de querer. Beleza poder comentar, tava difícil ontem :-) Bjs

Marcos Vasconcelos disse...

Excelente análise, Ozéas. Vejo com preocupação essa subida de HH na preferência do eleitor. Ela é com certeza pior que o PT; é a esquerda da esquerda, portanto, a excrescência da excrescência e coisa boa jamais resultaria dessa socialista (?) "coerente" e desequilibrada. A violência ideológica que ela vomita verbalmente não seria, com certeza, menor que a violência factual necessária à implantação da sua "Democracia Socialista".

Meu temor é que o voto de deboche e protesto prevaleça ao bom-senso e esta troglodita ideológica seja eleita do mesmo modo que no passado foram eleitos o macaco e o rinoceronte — mas ela não é apenas só mais um animalzinho da nossa fauna política. É muito mais. O socialismo que ela abraça é o predador máximo da "cadeia alimentar" da filosofia política e da liberdade individual.

A urna eletrônica se não for usada com responsabilidade, tornar-se-á num trabuco virado para a cara do eleitor pronto a lhe detonar os miolos.

Isso me lembra de uma antiga campanha publicitária de paz no trânsito cujo mote era: "não faça do seu carro uma arma, a vítima pode ser você"; acho que podemos adaptá-lo para a presente circunstância: "Não faça da urna eletrônica uma arma, a vítima será você".

Forte e cordial abraço.

Alexandre, The Great disse...

Mestre Ozéas.

Para sua pergunta, só existe UMA resposta. E ela será dada, caso venha a ocorrer, de "nariz tapado", mas de "olhos abertos".

Abçs,

S0MBR4 disse...

Respondendo a ultima pergunta: o Galeão!

O PSOL é uma aberração!!! Só existe e tem elevada intenção de votos pq vivemos num país mediocre intelectualmente.

vera disse...

HH não mostrou a que veio, nem como senadora! Queremos ver ações e não blá, blá, blá de EX-PETISTA. Tudo farinha do mesmo saco! Onde já se viu tanta gente despreparada, querendo ser presidente. Um apedeuta despreparado, já basta! :-) Bjs de fãzona

Alexandre, The Great disse...

"O Galeão" é ótima !!!!! rsrsrs...

Prá quem pode, o Aeroporto Internacional Tom Jobim será a melhor alternativa.
No meu caso será enfiar a "cabeça na latrina e dar a descarga".... kkkkkkkk... só rindo prá não chorar.

Anônimo disse...

Best regards from NY! »