Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

25 julho, 2006

Direito de expressão

Do o Irã até as Maldivas, de Cuba até o Vietnã, os governos reprimem as pessoas que usam a Internet para comunicar suas opiniões e negam a seus cidadãos o acesso a abundância de informação da rede. Usuários da rede são encarcerados, lan houses fechados, a polícia vigia os chat rooms, e blogs são apagados. Sites são bloqueados, notícias do exterior são proibidas, e os motores de busca filtram os resultados sobre matérias politicamente delicadas” (leia o texto na integra)

A propósito da luta pela liberdade de expressão, a Anistia Internacional lançou uma campanha global contra a repressão na internet, pedindo aos usuários de todo o mundo que assinem um “compromisso que pede a todos os governos e empresas que respeitem a liberdade na Internet” (
assine aqui)

Em tempos de atenção redobrada, já que os maiores violadores dos direitos fundamentais, são justamente aqueles que se autoproclamam libertadores dos povos, toda ação que vise garantir a livre manifestação do pensamento e de expressão é importante.

Não por acaso chamo a atenção para o tema, até porque ainda a pouco, li que o Sr. Geraldo disparou mais onze pontos na pesquisa IBOPE, que será divulgada no Jornal Nacional hoje, totalizando agora 30% da preferência do eleitorado decidido e, a HH alcançou a marca de 10%, provocando em conseqüência, o segundo turno com o operário-meu-patrão, que despencou oito pontos, caindo para 41% dos eleitores com candidatos escolhidos. (
veja os números)

Com o recuo da vitória anunciada é de se esperar que a “guerra suja” comece agora, não será surpresa que eles tentem medidas coibidoras de manifestação na rede. A internet já se mostrou instrumento eficaz no combate a reeleição do apedeuta. A verdade e a opinião serão duramente combatidas nessa campanha, não se pode duvidar que todas as armas serão usadas para se garantir o mais intenso silêncio.

5 comentários:

Ricardo Rayol disse...

Ainda estão esquentando os tamborins. Quero ver o Lula tentar se passar por paz e amor com esses números. O pior vai ser assistir o balaio de caranguejos ser apresentado ao invés dos planos para os próximos 4 anos

vera disse...

Olá mestre: uma coisa é certa... Roeram a carne, não querem dividir o filé mignon com o povo e também não vão querer largar o osso!! Essa guerra já é lamacenta e suja. :-) bjs de fã

Alexandre, The Great disse...

Ozéas. Toda e qualquer tentativa de cerceamento de liberdades individuais ou coletivas, doravante levadas a efeito pela quadrilha chefiada pelo "operário-seu-patrão", terá o efeito "abraço de afogado", ou seja, só os levará para o fundo.
Essa "raça" é chegada a um "tiro no pé", vc sabe né?

Santa disse...

Ozéas,

Ruim de quem substimar esses perigosos. E a cada subida de números, significa mais estrago por aí.

Blogue da Magui disse...

Eu acho que a reeleicao pode acontecer agora que deu vantagens aos empresarios exportadores para guardar 30% de seus lucros no exterior.A coisa t� ficando feia.