Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

22 julho, 2008

Cada um é cada um!

O sepultamento de Dercy Gonçalves, humorista centenária, teve seu toque de irreverência e bizarrice, a propósito, como a própria artista.

Além de ser sepultada ao som da bateria da Escola de Samba Unidos do Viradouro, num mausoléu construído pela própria inquilina, uma “obra prima” encarnada das inspirações egípcias, uma pirâmide de vidro transparente, que segundo a própria Dercy era “bonito pra cara...”, digno de visitações, que até a tornaria uma “santinha milagreira”, teve se ápice no momento que a artista desceu aos sete palmos prometidos a todos, foi enterrada de pé.

A candidata ao Paraíso manifestou essa estranha exigência, porque "era a vontade dela para mostrar que tem vida, força e energia", afirmou o organizador do funeral.

Em pesquisa no Google, vejo que não é novidade essa estória de ser enterrado na vertical, em 2005, no Piauí, o ex-deputado estadual pelo PTB Humberto Reis seguiu seu caminho para o além, em posição marcial. Segundo seu filho, o sepultamento atendeu ao pedido do próprio pai, "Ele nunca se curvou a ninguém, e disse que não faria isso nem na vida nem na morte".

Longe de ser uma primazia, o ex-deputado estadual, dublê de policial, Sivuca, já gritava seu famoso bordão eleitoreiro, “Bandido bom é bandido morto” e completava quando a platéia lhe dava mais espaço que merecia, “enterrado de pé para não ocupar espaço”.

Também na Austrália, um cemitério oferece espaços para sepultamentos de pé, como forma de baratear os custos e proteger o meio ambiente. Além de ocupar menos espaço, o cliente vai ensacado, ao invés de acondicionado na tradicional embalagem de madeira, por fim é depositado em terras de pastoreio. É a alternativa pelo bom e barato.

Com gosto para tudo, do orgulhoso ao ecologicamente correto, todos já podemos ir pensando como pretendemos ser enterrados quando nossa hora chegar, as idéias estão vivas por ai.

2 comentários:

Ricardo Rayol disse...

literalmente o cara vira adubo ahaha

e não duvido que a dercy vire santa, num país de larápios.

Magui disse...

Se é para economizar lugar, que queimem até virar poeira.