Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

03 dezembro, 2007

Táxi!


Existe um caminho que regularmente faço e a pouco mais de um ano, não importando muito os dias da semana, já que a constância é a regra da questão, sendo também bastante relevante o horário, costumo observar um carro da Polícia Civil do Rio de Janeiro parado, com suas rodas em posição de decida na rampa da garagem, ou mesmo estacionado sobre a calçada(!), como dessa vez está nas fotos.

A partir de certa hora da noite, essa
viatura da Polícia Civil, fica estacionada na porta dessa casa, na Av. Acursio Torres, no bairro de Piratininga, em Niterói, só saindo pela manhã, algo assim como se fosse trabalhar, quem quiser confirmar é só passar por lá.

Não creio que o veículo oficial esteja em alguma missão especial de vigilância no local, muito pelo contrário, mais parece que esse carro está é desfalcando alguma delegacia, uma especializada no jargão policial, a Delegacia da Criança e Adolescente Vítima, a DCAV.

A segurança pública do Rio de Janeiro não permite mais certos maus hábitos, que no passado eram considerados mordomias naturais da função. O bem público que falta ao serviço público, não pode ter suas razões no interesse particular e, nas mais “justas” explicações que possa ter essa situação.

4 comentários:

Star disse...

Ozeas, o que aponta aquela flecha?
Eles devem estar guardando alguma coisa valiosa... tem até sinalização :)))

Ricardo Rayol disse...

nada como cameras digitais....

Elaine disse...

Aqui no meu bairro tinha uma estória parecida também. A viatura ficava parada bem perto da casa de um dono de farmácia enquanto na outra rua os ladrões assaltavam de moto. O pessoal reclamou e a viatura passou a rodar e não ficou mais "estacionada" na "pracinha".
Beijins...Elaine

Anônimo disse...

Acho muito vália a informação, mas não acredito que, nos dias de hoje, uma equipe se autorizaria a fazer segurançaparticular com carro oficial. Creio que seja alguma diligência,e o fato de não sabermos do que se trata não nos autoriza criticar. Perguntemos: Quem morana casa? Quantos e quais os policiais participam dessa "ronda"?
De onde é a viatura e se o titular da unidade de polícia tem conhecimento desse deslocamanto? Quem puder e conseguir responder a estas perguntas informe-as,para que possamos crucificar ou não os ocupantes da viatura policial