Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

14 novembro, 2008

É um país fantástico!

Enquanto o mundo se afoga na maior recessão dos últimos 80 anos, o Rio de Janeiro continua lindo!
.
A Sociedade dos Amigos e Adjacências Rua da Alfândega – Saara, está promovendo o concurso “Garota da Laje”, o objetivo segundo o organizador do evento, Luiz Antonio Bap, é “transformar o brega em cult e parar com isso da ditadura da beleza, homem não liga para celulite nem estria. São meninas que moram em comunidades e por causa da distância da praia, do ônibus cheio e da violência preferem ficar em suas lajes e quintais” (leia na fonte).
.
A grande maioria da população carioca não mora na Zona Sul do Rio (Ipanema, Barra, Leblon etc.), portanto, nada mais justo que buscar fora do eixo mais glamuroso da cidade, pessoas com as mais diversas qualidades, inclusive beleza e aquele algo mais.
.
Além dos prêmios de participação a partir do sexto lugar (um microsystem, uma churrasqueira e R$ 199 em artigos de R$ 1,99 nas lojas do Saara), também merecem destaque os principais: para a 3ª colocada, 30 metros de laje pré-moldada; para a 2ª colocada, uma piscina de fibra de 5 mil litros; e para a 1ª, um automóvel usado ano 2001, no valor de R$ 14 mil. (mais fontes).
.
Quem quiser ainda dá tempo para se inscrever na Rádio Saara (Avenida Passos 91, cobertura, tel.: 2221-2678).

4 comentários:

Star disse...

Eu até entendo que não adianta se desesperar, que a crise esta aí e quem viver sofrerá, o melhor mesmo é continuar vivendo e seguir em frente, mas essa premiação, não dá pra ser menos brega?

Santa disse...

Ozéas,

O próximo passo é lançar o bolsa-laje.

Bjs

Magui disse...

Esse concurso já foi feito no programa do Ratinho, não é novidade.Tenho pena delas; umas pobres coitadas legítimas.

Ricardo Rayol disse...

sou contra a ditadura da beleza mas algumas das candidatas são bizarras ehehehehe