Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

07 setembro, 2006

O exemplo é tudo

Aqueles que moram no Rio de Janeiro conhecem bem o ronco do motor de uma viatura da Policia Militar. Quem nunca ouviu o “ronronar” daqueles Golzinhos pelas ruas da cidade!

O som característico das viaturas da PM/RJ, teria uma explicação no mínimo digna de investigação. No outro dia ouvi dizer, que de regra os Gols da PM/RJ não tem os
catalisadores instalados, me contaram que essas peças, são sumariamente arrancada dos carros e vendidas no mercado paralelo. Ganha uma visita ao Comando-Geral da PM, quem me disser o(s) responsável(eis) por essas possível gatunagem.

Pois é, talvez se o Estado do Rio cumprisse a mínima exigência, de vistoria anual de sua frota de veículos, alguns problemas seriam superados, seus carros andariam em melhor estado de conservação, com os itens de segurança atendidos, tais como pneus em condição de rodagem, amortecedores com menos de cem mil quilômetros, lanternas e faróis que acendam. Isso para não falar no catalisador.

Quem determina a vistoria periódica, que todos nós mortais somos obrigados a suportar, e pagar por ela, é uma lei federal, o Código Nacional de Trânsito, no seu
Art. 130 e seguintes, verificação essa, abolida a muito pela administração estadual, quando os carros a serem inspecionados são os seus.

Mas fazer o que, são essas as viaturas que servem para nos abordar nas tradicionais blitz e, não raramente, os policiais que as conduzem, encrencam com qualquer problema que encontram, por exemplo, quando as placas de identificação de nossos carros, feitas no próprio Detran, estão "fora do padrão”.

A propósito, as viaturas da PM/RJ não possuem mais placas brancas alfanuméricas, na verdade, não há como serem identificadas, senão através de números internos de registros da corporação, grafados na partes traseiras externas das latarias dos veículos, que comumente estão rasurados, a ponto de não ser possível identificar os veículos utilizados pelas guarnições, violando novamente o CNT no seu
Art. 115 e parágrafos.

Só para lembrar, os catalisadores das viaturas, são obrigatórios, conforme o
Art. 105, inciso V do já referido Código.

9 comentários:

Star disse...

Ozeas,


É inexplicável o que acontece nesse país.

Quem deveria fazer cumprir as leis, não cumpre, quem faz as leis, faz em causa própria, quem aplica as leis faz com todo o rigor para que aqueles que as fizeram para se beneficiar sejam beneficiados.
Depois dá nisso.
Disso você pode nos falar com muito mais conhecimento e clareza.

Beijo

Serjão disse...

Isso aqui é uma Zona, OZéas. Dá até raiva de comentar por que se perde o bom senso; Aqui vc tem um custo de pagar o IPVA, cuidar do seu carro e vc vê trafegando Kombis e carros caindo aos pedaços. O guarda pára o veículo sem condições, o motorista paga um jabá e a vida segue. Aqui neste estado, particularmente nesta cidade, vale rigorosamente tudo. Um abraço

Vera disse...

Boa tarde mestre Ozéas: a cada dia podemos perceber como estão literalmente deteriorando o Brasil, para que vire uma velha Cuba... No meu blog entrevista exclusiva com a garota que ficou sequestrada 8 anos, com tradução para espanhol. :-) Bjs de fã.

S0MBR4 disse...

Eu ainda estou sob efeito daquela cena bizarra dos PMs em Honda Biz!rs

Acredito que a venda das partes não seja restrita aos catalisadores.

A frota da PM virou um ferro velho ambulante... se bobear até com "encomendas".

PS: qual a relacão das viaturas com Cuba?! Cada coisa...

Star disse...

Ozeas,

FHC, FHC, LULA, FHC.

Ninguém merece!!!

É o mesmo que FHC, FHC, LULA, LULA.

Ainda tenho fé que os deuses nos livrem desse tormento.

Nemerson Lavoura disse...

Grande Ozeas,
É aquela velha história: quem teria de dar o exemplo, é o primeiro a desrespeitar as leis...
Um abração.

luma disse...

Enquanto isso em outros países estão sendo adotados pré-catalizadores, para reduzir ainda mais, as emissões de gases tóxicos na atmosfera.
Esses catalizadores são instalados dentro do depósito de combustível das viaturas para garantir a perfeita combustão, seja de qualquer tipo de combustível. E o que faz a nossa polícia? Seria o caso de orgãos competentes na área de gestão ambiental, multar ou retirar esses veículos do trânsito. Quem se habilita?

Bom fim de semana!! Beijus

Saramar disse...

Ozéas, boa noite.

Meu blog mudou para o blogspot, conforme você vê no link deste comentário.
Por favor, mude em sua lista.
Obrigada.
Beijos e bom domingo.
P.S. Depois volto para comentar.
Saramar

Helena de Tróia disse...

Ozéas
Que informação! Decididamente, o Brasil é um País bizarro!.
Um bom domingo!