Minhas opiniões e publicações, expostas neste espaço, são reflexões acadêmicas de um cidadão-eleitor, publicadas ao abrigo do direito constitucional da liberdade de expressão

"Por favor, leia devagar." (Ferreira Gullar)

04 janeiro, 2009

Onde está Wally?

Faltaram notícias no final de ano, sobraram reprises que não valiam a pena ver de novo.

Papai Noel continuava gordo, barbudo e com sua roupa vermelha, me lembrando muito um certo “sapo barbudo” que tenho engolido nos últimos anos. O espírito de Natal permaneceu perdido pelos corredores dos shoppings superlotados, que confesso que tive de percorrer.

E o “ano velho que vai, no novo que já nasceu”, não tem nada de novo para ser comemorado(nossa, estou ácido, ranzinza e amargo!).

Faltam boas novas. Obama já está velho antes de começar, desgaste midiático natural da superexposição; a guerra continua em Gaza e a ONU ainda é somente uma reunião de homens muito educados, mas sem nenhum poder decisório; os novos prefeitos assumem seus municípios, todos como esperado, quebrados, faltando da luz aos salários; o milagre “nunca antes na história desse país”, que não passa de truques de um mágico vigarista roubando os tostões de uma platéia faminta, que aceita o “pão e o circo” como única alternativa à miséria escondida na manga, ainda geram índices fantásticos de aceitação e popularidade.

Passou o Natal e os fogos de final de ano se dissiparam no ar, muito barulho, muitas luzes e cores, nenhum resultado prático.

Pois bem, aproveitando a falta de estórias novas e o mau-humor que resolveu dar uma passadinha aqui por casa, paro até dia 15, férias totais.

Aos amigos deixo uma mensagem de esperança. Eu não sou eterno, “ele” não é eterno, nada é eterno, ou melhor, como diria Fagundes Varela:

Cantemos o amor e o vinho,
As mulheres o prazer,
A vida é um sonho ligeiro,
Gozemos até morrer.
Tim, tim, tim
Gozemos até morrer.


6 comentários:

Alice disse...

Ah ,não fica assim não ,mau-humor , ataca o figado, estraga a pele rs
Ozéas como faz para " mudar para seguidores do blog " ? não tenho noção como é .
Feliz 2009 com muita blogagem .
Bjins

Star disse...

Boas férias Ozéas, vc esta precisando, não que as coisas não estejam pretas e fétidas, mas a gente pinta de azul, passa um perfume e segue em frente na maior alegria, o fígado agradece.

Saramar disse...

Não vale a pena ficar de mau humor. Já sabemos que tudo é escracho neste país.
De qualquer forma, permita-me desejar-lhe feliz ano novo com este pequeno poema

Neste novo ano,
artesão que somos, da vida,
vamos adornar nossas mãos
para que a construção seja um sólido ser,
feito com as flores da esperança e as águas do amor.

Neste novo ano,
vamos voar juntos em nossos sonhos
porque só o sonho dá sentido aos atos
e são capazes de nos diferenciar dos autômatos.

Neste novo ano,
que nossa boca seja apenas de sorrir
e nossa voz seja música
porque assim, começamos a construir a paz
ao nosso redor.

Neste ano,
sejamos felizes!

beijos

Carol Rodrigues (aluna de proc. penal I) disse...

Oi Ozzy!
Como estás?
Espero que tenha aproveitado bem as férias, curtido seu nome na lua e que não tenha se formado nenhuma pedrinha infernal daquelas!
Não dá mais aula de processo penal I, muda pra processo penal II (manhã)!!!
Saudades do profº querido.
P.s. Vc q é td antenadinho, já está por dentro da nova ortografia?
Sds
Carol

Star disse...

Ainda curtindo as férias... booooooooom...
Bom fim de semana
Beijo

luzdeluma disse...

Ozéas, feliz ano novo!!

Vim correndo no seu blogue para saber a sua opinião sobre o bandido italiano que o nosso digníssimo ministro nos obriga a pagar sua estadia no Brasil. Tadinho, ele está numa cadeira de rodas e com hepatite. #comofaz?

Boa semana! Beijus